Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Conexão

No dia 28 de Março de 2016 eu entro no 15º ano de Conexão. Nessa data vi Jesus pela primeira vez. Foram 14 anos de aprendizagem evolutiva. Por isso este 15º ano, para mim, vai ser de Livro, de Blog, de Tudo.

Contar com o povo do Céu

 

Novo.png

 

 

 Hoje em dia queremos que tudo seja visto.

 

Cada um de nós quer que qualquer coisa que faça, escolha, ou conquiste, seja reconhecida, aplaudida e celebrada.

 

Nos dias de hoje em que tudo tem de ser rápido e simples, não nos permitimos fazer as coisas devagar. Não deixamos que a vida seja misteriosa e secreta.

 

Tudo tem de ser claro, seguro e rápido. Se alguma coisa demora muito tempo, desistimos. Dá demasiado trabalho tentar alcançar algo se tivermos de esperar pelos resultados, se alterar os nossos timings.

 

Por isso, desde muito cedo, quando começamos a fazer escolhas na vida, nós não escolhemos o que nos vai trazer paz, tranquilidade e felicidade –tudo metas subjetivas. Em vez disso, nós só escolhemos coisas que nos tragam resultados rápidos – tudo coisas objetivas.

 

E acima de tudo, escolhemos coisas de acordo com os resultados que podemos mostrar a outras pessoas – para que nos aceitem, nos respeitem e falem sobre nós.

 

E porquê?

 

Porque acreditamos que “se alguém me respeita, vou ser uma pessoa respeitável”. Eu acredito que se alguém me elogia, vou ser uma pessoa "elogiável".

 

E é aqui que perdemos a capacidade de pensar por nós próprios que somos pessoas respeitáveis e "elogiáveis". Perdemos a capacidade de sentir quem somos realmente. Precisamos que os outros nos digam quem somos.

 

O poder de saber quem somos mudou de mãos. E nós deixámos que isto acontecesse.

 

É por isso que temos vidas tão dependentes. Dependentes dos outros, do que eles pensam ou dizem sobre nós. Precisamos que eles escolham por nós, que pensem por nós, que “sejam” por nós. Porque precisamos que eles nos digam quem somos – ou quem precisamos de ser.

 

E neste processo perdemos o nosso “eu”. Perdemos a nossa essência, perdemos o nosso mundo interior.

 

Perdemos os nossos sonhos, e a nossa capacidade de os concretizar. Perdemos a nossa alma.

 

Neste processo de mudança de poder, perdemos a nossa intuição e a nossa relação com o "Povo do Céu" - seres de luz que nos inspiram e protegem, a partir da nossa energia original.

 

Perdemos a comunicação/o contacto com a nossa própria energia.

 

Já não usamos a sabedoria e perícia dos seres de luz para nos ajudar nesta jornada na Terra.

 

Estamos sozinhos, agora. Sozinhos com a nossa vida, sozinhos com as nossas frágeis mentes, sozinhos com os nossos conceitos absurdos do que é a vida.

 

Já não há magia. A vida deixou de ser misteriosa.

 

E nada disto nos levou a bom porto. Somos pessoas tristes, agora, Não, não apenas tristes. Para dizer a verdade, somos pessoas extremamente infelizes agora. Desistimos do Céu e de toda sua capacidade de nos guiar.

 

A boa notícia é que nem tudo está arruinado, ainda.

 

Mas temos de fazer alguma coisa. Não podemos continuar a pensar desta maneira, a viver desta maneira, a fazer este tipo de escolhas.

 

Nós precisamos urgentemente de virar isto tudo ao contrário.

 

Captura de ecrã 2016-04-26, às 15.07.40.png

 

 

Precisamos de contar com eles, o "Povo do Céu". Eles estão lá em cima só para nos ajudar. Lá em cima, há seres de luz de energia eterna, para ajudar, para nos levarem para um lugar melhor, aqui na Terra.

 

Só precisamos de contar com eles. Só precisamos de ir lá acima, em meditação, falar com eles. Confiar neles. Pedir-lhes ajuda. Abrir o nosso peito, e deixar aquela energia grande, branca, calma e poderosa, descer e fazer o seu trabalho. E o seu trabalho é – simplesmente – invadir as nossas células e transformar, transformar, transformar.

 

Transformar-nos em seres mais subtis, ao retirar-nos a violência e a resistência. Transformar-nos em seres mais tolerantes, ao retirar-nos o ressentimento e a vitimização. Transformar-nos em seres mais carinhosos, ao retirar-nos o medo e a culpa.

 

Se contarmos com eles lá em cima, grandes revelações irão chegar.

 

Seremos transformados pela luz, por esta poderosa luz que está agora a aproximar-se, a luz de uma nova Era.

 

Porque o amor, respeito, generosidade e segurança que recebemos é tão grande, tão descomunal, que já não vamos precisar de agradar ninguém para sermos aceites.

 

Você vai ser aceite por ser quem é, por quem escolhe ser em luz. E não há melhor forma de encontrar o seu próprio caminho na vida do que sentir que alguém o ama por você ser quem é.

 

Mesmo que estes seres estejam lá em cima.

 

 

Meditação

 

Faça esta meditação, é uma forma simples de começar este processo.

Encontre o melhor lugar para si, onde se sinta confortável e seguro.

Escolha uma música que goste, que acalme. Feche os olhos.

Respire profundamente, três vezes.

Agora pense em todos os seres de luz que vivem lá em cima, no Céu. Pense neles, mesmo que não os consiga ver. Pense como é maravilhosa a vida deles. Eles têm tanta luz, ótima energia, e poderosa. Eles não precisam de pensar, eles só sentem.

Faça isso agora. Sinta, só. Sinta profundamente como será viver como eles .

Diga-lhes que você quer ser um deles…aqui na Terra. Peça-lhes para virem trazer essa energia até si.

Abra a sua cabeça/mente. Convide-os a entrar na sua cabeça/peça-lhes para abrir a sua mente.

Agora abra o peito. Abra o seu coração. Convide-os a entrar no seu coração.

Sinta. Sinta a energia a entrar, a invadir todo o seu corpo.

Agora, peça-lhes que tragam esta luz para invadir a sua vida. A sua casa, o seu trabalho, a sua família e amigos.

Se quiser, pode pedir-lhes que a luz invada o seu bairro, ou cidade.

Comece a sentir, em vez de pensar, o que pode pedir a esta luz para fazer.

Fique assim, o máximo de tempo que puder.

 

Quando acabar esta meditação, não vá logo a correr para a sua vida acelerada.

 

Espere um pouco. Seja generoso consigo. Mexa-se devagar, fale devagar durante um pouco.

 

Deixe o seu corpo consolidar esta nova energia que agora vive dentro de si. E vai ver como tudo muda. ;o)

 

Captura de ecrã 2016-03-09, às 02.44.57.png

 

 

 

 

 

 

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.